Como limpar a piscina
da maneira correta

Como limpar piscina: principais produtos
Cloro

O cloro age como desinfetante e oxidante, e seus papéis são eliminar os micro-organismos da água da piscina e evitar o acúmulo de algas que, além de deixar a água turva, favorecem a propagação de bactérias. Ele também é importante para não deixar a piscina com mau cheiro.

Só que é importante atentar para a quantidade de produto a ser aplicada, já que ela varia de acordo com vários fatores, como a intensidade do uso, o nível de exposição ao sol e o volume da piscina. 

Também é necessário observar o nível de cloro livre na água da piscina, porque uma concentração excessiva pode ter efeitos tóxicos, mas, por outro lado, uma concentração baixa demais do produto é insuficiente para promover a desinfecção correta. Na dúvida, dá uma olhadinha em nosso post sobrecomo usar cloro da maneira certa.

 
Redutor ou elevador de pH

Outro ponto importante é cuidar dos parâmetros de pH da água. Para garantir que estejam equilibrados, você pode comprar produtos específicos para elevar ou reduzir o pH e mantê-los sempre nos padrões saudáveis.

Isso é importante porque, enquanto um pH muito alto pode causar a deposição de matéria nas tubulações e paredes da piscina, o pH muito baixo deixa a água ácida e pode corroer os materiais de dentro da piscina, como rejuntes, metais, etc. 

 
Clarificante

O clarificante é um produto que auxilia na eliminação de micropartículas que ficam dispersas na água, pois faz com que elas fiquem aglomeradas em flocos para facilitar a aspiração. Trata-se de um produto muito útil, já que consegue eliminar até as sujeiras muito pequenas que passam pela peneira e não ficam presas no filtro. Por isso, deve ser usado preventivamente, em média uma vez por semana.

 
Decantador

O decantador tem ação semelhante à do clarificante, com a diferença de que é indicado para resíduos maiores. Ele faz com que as partículas de sujeira fiquem acumuladas no fundo da piscina para serem facilmente sugadas pelo aspirador.

 
Algicida

Os algicidas são produtos que agem tanto na prevenção quanto na remoção de algas que deixam a água da piscina turva e esverdeada. Existem algicidas de manutenção, usados para evitar a infestação, e algicidas de choque, que servem para eliminar as algas quando elas já se espalharam pela piscina.

Nos dois casos, o uso deve ser feito da mesma forma, aplicando o produto diluído em água. A diferença é que, no caso do tratamento de choque, é preciso retirar as algas usando uma escova antes de realizar a aplicação.  

 
Limpador de bordas da piscina

Uma etapa muito importante e que muitas pessoas ignoram é a limpeza das bordas da piscina. Essa região tende a acumular muita sujeira e acaba virando um foco de contaminação, favorecendo a proliferação de fungos e bactérias. Por isso, é necessário usar um limpador de bordas para dar aquele trato! Aplique o produto com uma esponja bem macia, de maneira uniforme, para remover qualquer resíduo.

Leia também: Quais produtos para piscina são recomendados para se ter em casa?

 

Passo a passo de como limpar piscina

 

1. Desligue o sistema de filtração

O primeiro passo é desligar o sistema de filtração da piscina para que não interfira na limpeza. Afinal, antes de filtrar a água, você vai precisar usar a peneira, limpar o skimmer, fazer uma boa escovação e, quem sabe, usar um clarificante ou decantador.

 
2. Limpe o entorno da piscina

O segundo passo é limpar o entorno da piscina. É importante varrer o deck e a área externa, para evitar que a sujeira acumulada nesses locais vá parar dentro da piscina e dificulte o trabalho. Se necessário, pode passar o aspirador de pó também.

 
3. Limpe o filtro da piscina

Depois, é necessário esvaziar o skimmer (também chamado de coadeira) e limpá-lo bem para tirar todos os resíduos que ficam retidos ali. Além disso, é preciso fazer a limpeza do pré-filtro da motobomba, sempre com o sistema de filtragem desligado e os registros fechados.

 
4. Peneire a superfície da piscina

A próxima etapa é passar a peneira na piscina para recolher sujeiras e objetos que ficam boiando na superfície, como folhas, insetos mortos, areia, terra e fios de cabelo. A peneiração deve ser feita com todo o cuidado, para garantir que todas as partículas visíveis foram removidas e que a sujeira não caia de volta na água sem querer durante o uso.

 
Faça a escovação do revestimento da piscina

A escovação é uma etapa importante da limpeza, porque é ela que vai tirar as algas, a oleosidade e os resíduos de sujeira do revestimento da piscina. Além disso, uma escovação frequente evita manchas e ajuda a manter o revestimento bonito e conservado.

Mas atenção: faça esse serviço com delicadeza e sem pressa, evitando movimentos bruscos para não danificar o revestimento. Cuidado também com a escova usada: ela deve ser macia. Fuja de cerdas de materiais abrasivos para não causar estragos.

 
Aspire o fundo da piscina

A aspiração do fundo da piscina é necessária para a remoção da sujeira que fica acumulada. Antes de realizar essa tarefa, verifique se há necessidade de usar antes um decantador ou um clarificante para facilitar o trabalho do aspirador.

Quanto ao tipo de aspirador de piscina escolhido, você pode optar pelo manual, que exige esforço humano e um aspirador conectado a um cabo telescópico e a uma mangueira específica para piscina, ou por um robô aspirador, que realiza esse processo automaticamente.

 
Faça o tratamento químico da água

Finalmente, é importante proceder com o tratamento químico da água, que é a etapa que vai deixá-la limpa e protegida. Antes de tudo, é preciso medir o nível de alcalinidade e o pH da água e, caso necessário, fazer a correção. Quando os parâmetros estiverem dentro da normalidade, pode-se proceder com a aplicação do cloro.

Se você quiser simplificar essa tarefa, pode optar pelo uso de um gerador de cloro automático para manter o tratamento químico em dia sem muito esforço.

Leia também: Saiba como tratar a água turva da sua piscina

 
Como limpar piscina: dicas para saber quando fazer a limpeza

 

Crie um cronograma de limpeza

Não dá para tentar adivinhar quando é o momento ideal para a limpeza. O ideal é montar um cronograma com todo o passo a passo de como limpar piscina e a periodicidade ideal. E lembre-se de segui-lo à risca! Afinal, o cronograma não adianta de nada se servir apenas como enfeite.

 
Verifique o filtro

Um bom “termômetro” para saber quando a piscina precisa ser limpa é checar o filtro de tempos em tempos. Como ele é o acessório responsável por reter as impurezas da água, é fundamental que se mantenha limpo.

Afinal, um filtro sujo se torna menos eficiente e compromete a filtração. Por isso, verifique a necessidade da higienização e faça a limpeza conforme as instruções fornecidas pelo fabricante.

 
Observe os parâmetros da água

Conforme já até antecipamos neste post, observar os parâmetros da água é essencial para mantê-los saudáveis e equilibrados. Por isso, tenha sempre à mão um kit de medição de pH, alcalinidade e nível de cloro e, quando necessário, utilize produtos específicos para fazer a correção.

 
Observe a cor da água

Finalmente, a cor da água também é um indicador de quando a piscina carece de uma boa limpeza. O ideal é que a água da piscina se mantenha clara e transparente. Se ela estiver turva, esverdeada ou com uma aparência “leitosa”, é preciso ligar o alerta! Afinal, esses podem ser indícios da presença de sujeira em suspensão ou acúmulo de algas. Ficar de olho na água ajuda a detectar logo o problema e corrigi-lo.

Leia também: Como tratar a água com coloração alterada?

 

Cuide bem da sua piscina com os produtos da Adpool!

Agora que você já sabe como limpar piscina da maneira adequada, basta adquirir os produtos e equipamentos necessários para manter os cuidados em dia.

Nós temos uma grande variedade de itens voltados para os cuidados com a piscina, incluindo produtos para a limpeza, a manutenção e o tratamento da água. Visite a nossa loja e conheça nossa linha completa! Clique aqui para ir para a loja

Nossas redes sociais

Veja também

Carrinho

Seu carrinho está vazio

Voltar à Loja