Tratamento de
água turva

Tratamento de
água turva

A água turva na piscina compromete a segurança dos banhistas, tornando a visibilidade limitada e aumentando o risco de acidentes, como colisões e escorregões.

Além disso, a água turva pode abrigar micro-organismos patogênicos, representando uma ameaça à saúde dos banhistas, com o potencial de causar infecções e irritações aparentes.

A qualidade da água turva também sobrecarrega o sistema de filtragem da piscina, o que pode resultar em danos e custos de manutenção adicionais.

Portanto, manter a água da piscina limpa, clara e bem protegida é essencial para garantir a segurança dos banhistas, proteger a saúde e prolongar a vida útil do sistema de filtragem. A manutenção regular e o equilíbrio adequado dos produtos químicos são essenciais para criar um ambiente de natação seguro e saudável.

 

Use os atalhos abaixo para navegar
mais rápido nas categorias

Veja o passo a passo de
como tratar a água turva da sua piscina

Clarificantes

Os clarificantes desempenham um papel vital no tratamento de piscinas com água turva, e a aplicação adequada desses produtos é essencial para melhorar a qualidade da água. A importância de usar clarificantes corretamente reside na capacidade desses produtos de aglomerar partículas finas em suspensão na água, tornando-as maiores e mais pesadas. Isso facilita sua remoção pelo sistema de filtragem, resultando em uma água mais limpa e clara.

Quando a água da piscina está turva devido a partículas microscópicas, como sujeira, poeira e resíduos orgânicos, os clarificantes atuam como agentes de clarificação. Eles ajudam a coagular essas partículas, transformando-as em aglomerados maiores que podem ser capturados com mais eficiência pelo filtro da piscina. Assim, uma aplicação adequada de clarificantes contribui para uma rápida melhoria na transparência da água.

No entanto, é importante seguir as instruções do fabricante para a dosagem correta de clarificantes, pois o uso excessivo pode causar problemas de filtração e prejudicar a eficácia do tratamento. Além disso, é essencial manter o sistema de filtragem funcionando corretamente para remover partículas aglomeradas.

Portanto, o uso correto dos clarificantes desempenha um papel crítico na recuperação da água turva da piscina, acelerando o processo de clarificação e proporcionando uma experiência de natação mais agradável.

Confira os produtos indicados:

Elevador ou Redutor de pH

A regulação adequada do pH da água é um passo crucial no tratamento de piscinas com água turva. O pH se refere ao equilíbrio entre acidez e alcalinidade da água e desempenha um papel fundamental na qualidade da água. Manter o pH dentro da faixa adequada, geralmente entre 7,2 e 7,6, é essencial por vários motivos.

 

Quando a água está turva, um pH desequilibrado pode agravar o problema e tornar a água mais propícia a problemas de qualidade. Um pH incorreto pode impactar a eficácia dos produtos químicos usados ​​no tratamento, como o cloro, tornando-os menos eficazes na infecção. Além disso, um pH desequilibrado pode causar desconforto aos nadadores, como conforto nos olhos e na pele.

 

Portanto, ajustar o pH corretamente é fundamental para melhorar a eficácia dos produtos químicos, melhorar a qualidade da água, proporcionar uma experiência de natação mais segura e confortável e contribuir para uma resolução eficaz da turvação da água. Certificar-se de que o pH está dentro da faixa incluída é uma parte essencial do processo de tratamento da água turva em piscinas.

Confira os produtos indicados:

Cloro

O cloro desempenha um papel fundamental no tratamento de piscinas com água turva, sendo um dos principais agentes de desinfecção. Sua importância é inegável, pois o cloro é eficaz na eliminação de bactérias, vírus, algas e outros microrganismos que podem contribuir para a turvação da água e representar riscos à saúde dos nadadores.

 

Quando a água da piscina está turva, pode haver um aumento na carga de contaminantes devido à sujeira, detritos e microorganismos em suspensão. O cloro é crucial para combater essas impurezas e garantir uma água segura e saudável para o banho.

 

Manter níveis adequados de cloro livre na piscina é vital para prevenir o crescimento de microrganismos indesejados. É importante lembrar que, em piscinas ao ar livre, a ação do cloro pode ser afetada pela exposição ao sol, tornando necessário monitorar e ajustar regularmente os níveis de cloro para manter sua eficácia.

Em resumo, o uso de proteção do cloro é essencial no tratamento de água turva em piscinas, garantindo a infecção eficaz, a remoção de micro-organismos contratados e a manutenção de uma experiência de higiene segura e saudável.

 

 

Confira os produtos indicados:

Algicidas

Os algicidas desempenham um papel crucial no tratamento de piscinas com água turva, desempenhando um papel importante na prevenção do crescimento de algas. A importância de usar algicidas nesse contexto é dupla.

 

Primeiramente, as algas são uma das principais causas de água turva em piscinas. Quando as algas se desenvolvem, elas podem tornar a água verde, turva e escorregadia, comprometendo a qualidade da piscina. Portanto, os algicidas ajudam a prevenir o crescimento das algas, criando um ambiente menos propício ao seu desenvolvimento.

 

Além disso, os algicidas também prejudicam para melhorar a qualidade geral da água. Eles atuam como agentes clarificantes, aglomerando partículas em suspensão na água e tornando-as mais simples de serem removidas pelo sistema de filtragem. Isso resulta em uma água mais clara e agradável para a natação.

 

Em resumo, o uso de algicidas em piscinas com água turva é fundamental para prevenir o crescimento de algas, melhorar a qualidade da água e restaurar a transparência da piscina. Os algicidas desempenham um papel essencial na manutenção de uma piscina limpa e convidativa, proporcionando uma experiência de natação mais agradável.

 

 

Confira os produtos indicados:

Acompanhe nosso perfil no instagram

Carrinho

Seu carrinho está vazio

Voltar à Loja